Contabilidade e Outsourcing

Informações confiáveis, em tempo hábil, para a sua gestão.

Consultoria e Gestão

Ajudamos empresas a crescer.

Nossa História

CMP Contábil foi constituída no ano de 1983, tendo como objetivo crescer e prestar serviços de qualidade a seus clientes.
Durante todos esses anos, a qualidade de nosso trabalho, o bom atendimento e comprometimento nas entregas foram base para chegarmos a mais de 1.130 clientes atendidos, com índice de satisfação entre ótimo e bom em mais de 90%.

Alocamos, constantemente, importantes investimentos para novas ferramentas em tecnologia e inovação, que possibilitem oferecer aos nossos clientes mais qualidade com menor custo.

Esse objetivo, em sempre fazer o melhor para nossos clientes, fez-nos incorporar outros serviços em nosso portfólio, como:

  • Assessoria tributária;
  • Assessoria patrimonial;
  • BPO;
  • Valuation de empresas;
  • Due Diligence;
  • Planejamento financeiro;
  • Administração de Ativo Imobilizado;
  • Recuperação de créditos tributários.
Experiência Comprovada

Com 40 anos no mercado, você pode confiar! A CMP ajuda sua empresa a crescer!

Equipe Comprometida

Valorizamos nosso time! Na CMP, praticamos o PDI –Programa de Desenvolvimento Individual, temos o nosso “projeto trainee”, no qual oferecemos possibilidades aos jovens que iniciam na carreira, estimulamos as pessoas a crescer, oferecemos o plano de carreira, possibilitando a todos a mesma chance em alcançar cargos mais altos na empresa.

Atendimento em 1º lugar

Sabemos da importância em “estar presente”, por isso nossa equipe é treinada para atuar de forma muito ativa em “FEEDBACK”, já que valorizamos muito a informação.

Mais de 40 anos de
experiência no ramo

0

nível de satisfação dos clientes que avaliaram nossos serviços como ótimo ou bom

0

clientes atendidos

0

anos no mercado

0

áreas de atuação dentro do ecossistema financeiro, contábil, fiscal e de Recursos Humanos que podemos atender

Novidades

  • Entenda a DIRBI: Nova Obrigação Acessória da Receita Federal

    A DIRBI (Declaração de Incentivos, Renúncias, Benefícios e Imunidades de Natureza Tributária) é o novo mecanismo da Receita Federal que obriga as empresas a reportarem, mensalmente, os benefícios fiscais que utilizam.   A regulamentação da DIRBI ocorreu por meio da Instrução Normativa RFB n.º 2.198/2024, publicada em 18 de junho de 2024, e começa a valer a partir de 1º de julho de 2024.   O que é a DIRBI?   A DIRBI representa uma inovação significativa na forma como as empresas devem reportar seus benefícios fiscais. Seu principal objetivo é garantir maior transparência nas renúncias fiscais, assegurando que os incentivos sejam utilizados conforme planejado pela política fiscal do governo.   Entre os benefícios a serem reportados estão créditos presumidos para produtos farmacêuticos e segmentos agropecuários, além de programas de incentivos como Perse e Recap.   Esta declaração passa a ser uma exigência mensal para diversas empresas, excluindo Microempreendedores Individuais (MEI) e empresas optantes pelo Simples Nacional, com algumas exceções. Funcionamento e Prazo para Apresentação da DIRBI As empresas devem preencher a DIRBI por meio de formulários específicos disponíveis no

    12 de julho de 2024
  • Segundo Projeto de Lei Complementar (PLP) da Reforma Tributária do Consumo — O que muda?

    O Governo Federal submeteu ao Congresso Nacional o segundo Projeto de Lei Complementar (PLP) para regular a Reforma Tributária do Consumo na última terça-feira (04/06).  Este novo texto traz várias disposições que afetarão diretamente as empresas, tanto de forma positiva quanto negativa, conforme detalhado a seguir. O que há de mudanças dentro do segundo PLP? Comitê Gestor do IBS: Um ponto de destaque do PLP é a criação do Comitê Gestor do Imposto sobre Bens e Serviços (IBS). Esse comitê terá poderes significativos, incluindo a redação do regulamento do imposto e o controle da arrecadação, fiscalização e cobrança. Entretanto, para empresas, a complexidade desse órgão centralizado pode significar mais burocracia e possíveis obstáculos à agilidade operacional. O artigo 7º do projeto estabelece a estrutura do Comitê, cuja instância máxima será o Conselho Superior, composto por 54 membros: 27 representando cada Estado e o Distrito Federal, e 27 representando os municípios e o Distrito Federal. Julgamento administrativo do IBS: O projeto propõe uma nova estrutura para o julgamento administrativo dos processos relacionados ao IBS. Embora isso possa promover uma padronização nos

    7 de junho de 2024
  • Segundo PGDAU 2024: Vantagens, adesão e mais. Informe-se!

    A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN) lançou um novo edital de transação, Edital PGDAU n° 2/2024, em celebração ao Dia Nacional de Respeito ao Contribuinte.  Este edital oferece diversas facilidades para a regularização de dívidas, com adesão disponível até 30 de agosto de 2024.  A seguir, detalhamos as principais oportunidades e requisitos para participar desta iniciativa! Vantagens da Transação Facilidade na Entrada: Condições especiais para o pagamento inicial, tornando a adesão mais acessível. Descontos e Prazos Estendidos: Possibilidade de descontos significativos e prazos estendidos para pagamento, podendo ser parcelados em mais de 60 vezes. Uso de Precatórios: Permissão para utilizar precatórios federais para amortizar ou liquidar o saldo devedor. Quem Pode Participar do PGDAU 2024? Os benefícios do segundo edital são destinados a diferentes perfis de contribuintes, com o valor mínimo das prestações definido em R$ 25 para microempreendedores individuais (MEIs) e R$ 100 para outros contribuintes. As dívidas elegíveis são aquelas inscritas na dívida ativa da União, com valor consolidado igual ou inferior a R$ 45 milhões. Detalhes das Modalidades de Transação Parcelamento Facilitado: Opções para parcelamento, respeitando o

    24 de maio de 2024
  • Doações Diretas, via Imposto de Renda, ao Rio Grande do Sul

    Mais do que uma obrigação, agora o IR tornou-se uma opção de incentivo às doações ao Rio Grande do Sul.  As doações diretas, via imposto de renda, são uma excelente maneira de manter a sua conformidade tributária enquanto faz a diferença em tempos de necessidade. Veja, abaixo, como realizar doações no seu programa de imposto de renda:   Abra o programa do IR 2024, localize a opção “Doações Diretamente na Declaração”; Escolha o tipo da doação (às crianças, ou idosos); Confirme qual o tipo de fundo desejado: estadual, especificando o Rio Grande do Sul, ou municipal, incluindo o estado e município; Insira o valor a ser doado e confirme. Alguns detalhes são importantes, caso queira realizar uma doação seguindo este método. Você poderá doar apenas via declaração de modelo completo — a que dispõe todas as despesas elegíveis e detalhadas para dedução do imposto — demonstrando gastos dedutíveis, para a simulação na opção de declaração completa. Além das doações diretas via imposto de renda, você também pode efetuar doações por meio da chave PIX do SOS Rio Grande do Sul:

    22 de maio de 2024

Contato





    Aceito receber as comunicações da CMP por e-mail ou telefone. Ao clicar aceito os termos e condições da nossa Política de Privacidade.

    ×